Assuntos em Destaque:

O que é bom para pele oleosa com espinhas? Dicas essenciais

A oleosidade na pele pode acarretar no surgimento de espinhas, manchas e poros dilatados.

Por ser um tipo de pele delicada, precisa de uma rotina de cuidados especiais.

A pele oleosa é categorizada pelos dermatologistas como um tipo de pele fisiológica, propensa a produzir muito sebo. 

Este fenômeno é chamado de hiperseborreia e é estimulada por alguns fatores, entre os quais o stress, as alterações climáticas e a poluição fazem parte.

Para ajudar a controlar a oleosidade da pele, veja quais são os cuidados que precisa adotar para ter uma pele livre de sebo e mais viçosa.

Por que a pele fica oleosa?

cuidados com a pele oleosa

A pele oleosa é caracterizada assim quando há uma formação excessiva de sebo por na zona T do rosto, com a presença de espinhas e cravos. 

É um tipo de pele propensa a acne, pois a acne é causada por um acúmulo excessivo de sebo nas áreas do rosto. 

É por isso que a pele oleosa requer um tratamento específico para controlar o aparecimento de todos esses sintomas e melhorar sua aparência.

>>>Pele lisa e sem acne! Conheça o segredo!

Como cuidar da pele oleosa com espinhas?

Para ajudar a amenizar a situação, confira alguns cuidados essenciais para eliminar o excesso de sebo na pele, mantendo-a linda, radiante e livre de cravos e espinhas.

1.     Limpeza da pele

Para tratar a pele oleosa, é essencial limpar o rosto de manhã e à noite. Para isso, escolha um gel de boa qualidade. 

Os produtos mais indicados para pele oleosa são aqueles livres de óleos hidratantes.

Com o auxílio de um sabonete especial, umedeça o rosto e aplique o produto com leves movimentos circulares. 

Faça isso na zona do nariz, queixo e testa que correspondem à zona onde se acumula mais sebo. Em seguida, enxágue abundantemente com água.

2.     Tonifique a pele

Depois de lavar o rosto, complete o tratamento com uma loção ou tônico adstringente

Esses são produtos recomendados para reduzir o excesso de sebo no rosto e controlar a formação de impurezas. 

Você também pode usar um hidratante com base não oleosa para finalizar a limpeza facial.

3.     Nunca durma de maquiagem

Muita gente acaba pulando essa parte, embora seja recomendada a limpeza de pele antes de ir para a cama.

De certa forma, os resíduos da make prejudicam a pele, obstruindo os poros.

Isso agrava o problema da pele oleosa, deixando ele ainda mais propensa ao surgimento de espinhas e cravos.

Além disso, dormir de maquiagem acelera o envelhecimento da pele.

4.     Use protetor solar livre de óleo 

Além da limpeza do rosto, uma dica de ouro para pele oleosa com espinhas é nunca se esquecer de usar o protetor solar.

Isso porque, ao se expor ao sol, a produção de sebo na pele aumenta, deixando os poros totalmente dilatados.

Portanto, ao sair de casa, nunca se esqueça de aplicar um protetor FPS 30, no mínimo.

5.     Alimente sua pele

Além de bons produtos faciais, a pele oleosa precisa duplamente de nutrientes, e ao contrário do que muita gente pensa, ela precisa de hidratação.

Uma boa dica para deixar a pele oleosa hidratada sem comprometer os poros, você pode consumir um suplemento alimentar.

Uma boa composição pode ajudar como os suplementos à base de ácido hialurônico.

Sais minerais e vitaminas também são importantes para equilibrar a produção de sebo na pele oleosa.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest