Assuntos em Destaque:

Disfunção erétil em jovens é comum? Veja em detalhes!

disfunção erétil em jovens é comum

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, 15 milhões de brasileiros ou 30% da população masculina sofrem com alguma disfunção erétil.

O distúrbio também conhecido como impotência masculina, também está afetando homens mais jovens, com menos de 45 anos.

Os dados mostram que a disfunção erétil em jovens vem se tornando comum, mas muitos evitam falar sobre o assunto.

Para saber como evitar a disfunção erétil na juventude, suas possíveis causas e formas de tratamento , leia o artigo até o final.

>>>Saiba mais: o que disfunção erétil?

É normal jovem ter disfunção erétil?

disfunção erétil em jovens

Disfunção erétil, uma questão de idade? Sem dúvidas. Mas isso não é a única causa.

Mas, se a idade continua sendo o primeiro fator de risco, ser jovem não garante necessariamente uma ereções de qualidade.

Embora “falhar” na cama possa ser comum e acontece com a maioria dos homens, se o problema persistir há motivos para se preocupar.

Em homens mais jovens, as causas podem ser tanto psicológicas quanto físicas.

Disfunção erétil em jovens: causas

A ausência de nutrientes e problemas psicológicos podem ser a causa da disfunção erétil em jovens.

E definitivamente, a causa mais comum é a ansiedade. Entretanto, outros fatores podem contribuir como:

  • Estresse;
  • Má alimentação;
  • Uso de entorpecentes;
  • Noites mal dormidas;
  • Depressão;
  • Diabetes.

Disfunção erétil na juventude: sintomas

Os principais sintomas da disfunção erétil em homens mais jovens são:

  • Vida sexual insatisfatória;
  • Problemas para obter uma ereção;
  • Incapacidade de engravidar sua parceira;
  • Dificuldade para manter uma ereção;
  • Desejo sexual reduzido;
  • Baixa autoestima;
  • Problemas no relacionamento.

O que fazer para melhorar a disfunção erétil?

O tratamento hoje para a disfunção erétil são os medicamentos orais naturais, embora injeções locais sejam recomendadas.

No entanto, a regra para evitar a disfunção erétil ainda na juventude é a mudança de hábitos.

Praticar exercícios, e se alimentar da melhor forma possível são outras medidas que se deve adotar.

Também é possível aumentar a libido com a ajuda de suplementos naturais como o que está neste aqui, que é rico em zinco e permite a produção de testosterona no corpo.

Para melhorar a ereção, preste atenção ao tabaco e ao álcool

Evite o cigarro, que tem efeitos prejudiciais à saúde cardiovascular.

Isso ocorre porque o tabaco desacelera o fluxo de sangue para o pênis, reduzindo a qualidade da ereção.

Dentre todos os cuidados com a saúde masculina, os especialistas em saúde recomendam uma vida o mais saudável possível para evitar problemas sexuais futuros.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest